Blog
Home      Blog
  6 de dezembro de 2011

CARTA FALANDO DE JESUS DE MAIS DE 2000 ANOS


CARTA FALANDO DE JESUS DE MAIS DE 2000 ANOS

                                                                  José Carlos Buch

A carta abaixo reproduzida foi enviada por Publius Lentulus(predecessor de Pôncio Pilatos) ao Imperador  de Roma Tiberius Caesar. O texto em tradução livre,  retrata a  figura de  Jesus na ótica de Lentulus, então governador da Judéia na época em que Jesus começou o seu ministério. O texto original encontra-se na biblioteca do Vaticano e é considerado o documento mais importante, fora da Bíblia, sobre a pessoa de Jesus. Eis o que diz a carta: — “Ave, Augustus Tiberius Caesar Divinus. Sei que desejas conhecer quanto vou narrar a respeito de um homem de grande virtude que existe nos nossos tempos e que vive atualmente. Ele é proclamado pelo povo como o profeta da verdade, e seus discípulos dizem que é Filho de Deus, criador do céu e da Terra e de todas as coisas que nela se acham e que nela tenham estado. Em verdade, ó Cesar, a cada dia se ouvem coisas maravilhosas sobre esse homem: ele ressuscita os mortos, cura os enfermos. Em uma só palavra: é um homem de justa estatura e muito belo no aspecto, e há tanta majestade em seu rosto que aqueles que o vêem são forçados a amá-lo ou a temê-lo. Tem os cabelos da cor da amêndoa bem madura, distendidos até as orelhas, e das orelhas até as espáduas são da cor da terra, porém mais reluzentes. Tem no meio da fonte uma linha separando os cabelos, na forma usual dos nazarenos; seu rosto é cheio, o aspecto é muito sereno, nenhuma ruga ou mancha se vê em sua face, de uma cor moderada; o nariz e a boca são irrepreensíveis. A barba é espessa, mas semelhante aos cabelos, não muito longa, mas repartida no meio. Seu olhar é muito afetuoso e intenso; tem olhos expressivos e claros; o que surpreende é que resplandecem no seu rosto com os raios do sol, porém ninguém pode olhar fixo seu semblante, porque quando resplandece apavora e quando ameniza faz chorar; faz-se amar e é alegre com intensidade. Diz-se que nunca ninguém o viu rir, mas, antes, chorar. Tem os braços e as mãos muito belos; na palestra, contenta muito, mas o faz raramente, e quando dele alguém se aproxima verifica que é muito modesto na presença e na pessoa. É o mais belo homem que se possa imaginar, muito semelhante a sua mãe, de uma rara beleza, não se tendo jamais visto por aqui uma mulher tão bela. Se a majestade Tua, ó César, deseja vê-lo, como já escreveste, dá-me ordens, que não falharei em mandá-lo o mais depressa possível. Quanto às letras, faz-se admirar por toda a cidade de Jerusalém: ele sabe todas as ciências e nunca estudou. Ele caminha descalço e sem coisa alguma na cabeça. Muitos se riem, vendo-o assim, porém, em sua presença, falando com ele, tremem e admiram. Dizem que tal homem nunca fora ouvido por estes lados. Em verdade, segundo me dizem os hebreus, não se ouviram, jamais, tais conselhos de grande doutrina, como ensina esse homem; muitos judeus têm como Divino e muitos me questionam afirmando que é contra a lei de Tua Majestade; sou grandemente molestado por esses malignos hebreus. Diz-se que esse homem, ao qual chamam de Jesus, nunca fez mal a quem quer que seja, mas, ao contrário, aqueles que o conhecem e com ele têm praticado afirmam ter dele recebido grandes benefícios e saúde, porém, à tua obediência estou prontíssimo; aquilo que Tua Majestade ordenar será cumprido. Vale, da Majestade Tua, fidelíssimo e obrigado. Publius Lentulus – Presidente da Judéia” –. Detalhe: Após a crucificação de Cristo, Publius Lentulus tornou-se seu seguidor e, juntamente com sua filha Lívia, levava a palavra de Deus aos povos da época.  A crucificação de Jesus dividiu a história em antes e pós o seu nascimento. Conquanto, ELE não foi o primeiro mártir do cristianismo, já que antes DELE, Estevão fora levado à morte por apedrejamento e João Batista decapitado. Fim não menos diferente tiveram todos os seus apóstolos:  Pedro foi martirizado no muro do circo de Nero e condenado à crucificação. Disse aos centuriões que não era digno de morrer como seu mestre e eles o crucificaram de cabeça para baixo. Registros dizem que cada apostolo de Jesus sabia exatamente onde e quando iria morrer:  André, numa cruz em X; Tiago, irmão de João, decapitado; Tiago, crucificado no Egito; Judas Tadeu, martirizado na Pérsia;  Felipe morreria na Frígia; Bartolomeu, esfolado; Mateus Levi, martirizado na Etiópia; Tomé Dídimo, transpassado por flechas; Simão Zelote, crucificado; João, logo após mergulharem seu corpo em óleo fervendo. Apenas Judas talvez não tenha tido tempo de atingir a graça de servir ao Mestre: cometeu suicídio após sua traição. E, nunca é demais lembrar que tudo começou numa noite de 25 de dezembro,  há 2011 anos atrás. Ao desejar  Feliz Natal, é preciso não se esquecer que enquanto muitos se fartam na noite de Natal, milhões nada tem à mesa para celebrar. Para o novo ano, fica a mensagem do genial Steve Jobs – “Tenha coragem de seguir o seu coração e a sua intuição. Eles, de algum modo, já sabem o que você realmente quer ser.”

                                                                  advogado tributário

                                                        www.buchadvocacia.com.br   

                                                        buch@buchadvocacia.com.br

VEJA TAMBÉM:
10 de maio de 2024
MÃE, SEMPRE COMEÇA COM “M”
10 de abril de 2024
FRASES QUE DIZEM MUITO – PARTE XII
26 de março de 2024
CRIME DA MALA, A VERDADEIRA HISTÓRIA
27 de fevereiro de 2024
FRASES QUE DIZEM MUITO – PARTE XI
19 de fevereiro de 2024
ANEDOTAS DE ADVOGADO
23 de janeiro de 2024
OS IRMÃOS QUE QUASE FICARAM MILIONÁRIOS

Solicite uma reunião com nossos
advogados especialistas:

Desenvolvido por BCS Desenvolvimento
Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?