Blog
Home      Blog
  1 de outubro de 2015

LIVRO DA PRAÇA


LIVRO DA PRAÇA        

                                                                  José Carlos Buch

Ler sempre foi e será fonte inesgotável de se adquirir sabedoria. Lamentável que as pessoas no mundo de hoje, principalmente os adolescentes e jovens,   estão muito mais interessadas no teclado e no visor dos smartphones, tablets,  e outras parafernalinhas eletrônicas que permitem conexão mas afasta o ser humano cada vez mais da leitura. É muito comum nas mesas de restaurantes o casal e filhos todos antenados nos seus aparelhos deixando de conversar e interagir entre si,  renunciando a momentos de agradável e salutar  convívio enquanto família. Estas cenas bizarras e indesejadas, refletem bem a maluquice do poder do celular na vida de pessoas que se tornaram reféns desses instrumentos e, por conta deles,  das  redes sociais que por eles circulam. Na contra mão desse estado de coisas, o Rotary Norte e Rotaract Norte, com o apoio do jornal “O Regional”, das rádios Difusora e Globo(AMs) e Jovem Pan, Ondas Verdes e Band(FMs),  estão lançando um projeto ousado que objetiva incentivar a leitura de livros. A ideia é muito simples e consiste em alocar geladeiras em desuso,  devidamente pintadas e identificadas,  em praças,  contendo em seu interior livros usados obtidos com a doação das pessoas. As duas primeiras geladeiras minis bibliotecas serão disponibilizadas em alguns dias na Praça da República, ao lado da pérgula e Parque das Américas, próximo ao terminal de ônibus. Qualquer pessoa pode retirar o livro de sua preferência e o levá-lo pra ler em casa com o compromisso de devolvê-lo para que outras pessoas possam também compartilhar da mesma leitura. A ideia surgiu com a divulgação de um projeto pioneiro que existe em Brasília, com muito sucesso, mas que não é nenhuma novidade na França e em outros países da Europa. Os clubes idealizadores do projeto apostam que não faltarão livros a serem doados e pretendem levar o projeto para outras praças da cidade. Os livros novos ou usados,  poderão ser entregues no ponto de coleta  disponibilizado na Banca do Vicente, na Rua Ceará, 357, Centro e oportunamente outros pontos de coleta também serão divulgados, principalmente nas entrada dos prédios residenciais da cidade. Os benefícios que o projeto proporciona vão além do simples incentivo à leitura. De se conferir alguns: O Rotary e Rotaract por estar cumprindo o seu papel social de prestar serviços à comunidade;  a pessoa que doa,  pelo prazer e satisfação de praticar o ato nobre de doar; quem retira o livro,  porque está adquirindo cultura e conhecimentos; os livros,  que cumprem a sua função que é a de ser lido por muitos, universalizando conhecimentos e a cultura; o meio ambiente,  com a sobrevida que é dada à carcaça de geladeira que estaria desnecessariamente ocupando espaço ou destinada ao ferro velho  e, por último,  a comunidade como um todo. Você também pode participar dessa campanha doando aquele livro que está esquecido na estante ou no fundo de uma gaveta e que espera ser lido,  ou mesmo doando aquela geladeira velha inservível com o motor queimado. Compartilhar – esse é o verbo que seguramente embasa o projeto. E, então que tal compartilhar também?

                                                                 advogado tributário                                                                                  www.buchadvocacia.com.br                                                                   buch@buchadvocacia.com.br

VEJA TAMBÉM:
10 de maio de 2024
MÃE, SEMPRE COMEÇA COM “M”
10 de abril de 2024
FRASES QUE DIZEM MUITO – PARTE XII
26 de março de 2024
CRIME DA MALA, A VERDADEIRA HISTÓRIA
27 de fevereiro de 2024
FRASES QUE DIZEM MUITO – PARTE XI
19 de fevereiro de 2024
ANEDOTAS DE ADVOGADO
23 de janeiro de 2024
OS IRMÃOS QUE QUASE FICARAM MILIONÁRIOS

Solicite uma reunião com nossos
advogados especialistas:

Desenvolvido por BCS Desenvolvimento
Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?