Blog
Home      Blog
  31 de dezembro de 1969

TIRE O POSITIVO DO NEGATIVO


TIRE O POSITIVO DO NEGATIVO 
                                                    José Carlos Buch

Ano passado, nessa mesma época escrevemos artigo “O que você não deve deixar de  fazer em 2009”. Naquela oportunidade sugerimos a importância de comunicar a Secretaria da Fazenda no caso de furto ou perda total do veículo para evitar a cobrança do IPVA; lembramos da necessidade de se guardar cópia do recibo na venda de veículo e comunicar o DETRAN após trinta dias se ocorreu a transferência; alertamos para o fato de se evitar prestar qualquer informação por telefone sobre atualização de dados para figuração na lista, para evitar o manjado golpe da “publicidade na lista”; ressaltamos que, na venda de imóvel, deve-se encaminhar cópia da escritura à Prefeitura para evitar que o IPTU e conta de água continuem sejam emitidas em nome do alienante; sugerimos não abrir e.mails desconhecidos; lembramos da necessidade se fazer alinhamento e balanceamento ao adquirir veículo OK; propusemos incluir na apólice de seguro de veículo, cobertura para dano moral em valor não inferior a 300 salários e, por fim, sugerimos aos supersticiosos não deixar de fazer as simpatias, tipo pular 7 ondas, comer lentilha, uva e romã. Neste ano que está com as horas contadas, ainda há tempo para realizar operação despojamento, não só de espírito, mas, sobretudo de coisas materiais inservíveis. Melhor explicando – despojamento de espírito e fazer uma reflexão sobre as realizações, sucessos e conquistas e, bem assim, das frustrações e desacertos, exaltando as primeiras e tirando lições sábias das segundas, lembrando uma frase dita um dia por um orientador espiritual –  “tire o positivo do negativo e jogue o resto no lixo”. No lado espiritual, faça uma faxina e uma reavaliação de tudo o que foi guardado e arquivado ao longo dos anos. É possível que aquele eletrodoméstico, incluindo, geladeira, fogão, máquina de lavar roupas,  etc e, mesmo móveis e eletroeletrônicos (sofá, cadeira, cama, colchão, aparelho de som, ventilador,  TV antiga,  etc) que estão  esquecidos na dispensa ou na chácara, sejam extremamente úteis na residência ou numa instituição de caridade que carecem muito destes equipamentos. Não se esqueça de descartar, desfazendo-se de papéis, apostilas, pastas,  revistas e jornais velhos que nunca foram consultados e se amontoam nas gavetas e armários. Recomendável também dar uma geral no seu guarda roupa e sapateiras. Provavelmente em torno de 20% das peças guardadas,  não são usadas há mais de um ano e poderiam ser vendidas num brechó ou doadas para pessoas menos favorecidas pela sorte. O momento é oportuno para isso! Eleja 2010 como o ano de trabalho e sucesso, fazendo brilhar a sua luz. A propósito, lembro do episódio de uma mãe que morava em Washington, nas proximidades da Casa Branca. Ela constantemente passava com a sua filha ainda pequena, e o trajeto incluía a sede do governo. Certa noite, ao ver uma luz acessa, a menina perguntou: “Quem será que está trabalhando até agora?” E a mãe respondeu: “É o presidente Lincoln, ele trabalha até tarde.” O presidente Lincoln foi assassinado em 1865. Passado o julgamento, a mãe novamente apanha aquela criança e vai aos lugares em que passeavam antes. Novamente, a menina viu que a luz estava acessa e perguntou: “Mamãe, o presidente Lincoln morreu e a luz dele continua acessa?” A mãe então ensina: “Minha filha, a Luz de um homem bom nunca se apaga!” FELIZ ANO NOVO!        

advogado Tributário                                                                  www.buchadvocacia.com.br

VEJA TAMBÉM:
10 de maio de 2024
MÃE, SEMPRE COMEÇA COM “M”
10 de abril de 2024
FRASES QUE DIZEM MUITO – PARTE XII
26 de março de 2024
CRIME DA MALA, A VERDADEIRA HISTÓRIA
27 de fevereiro de 2024
FRASES QUE DIZEM MUITO – PARTE XI
19 de fevereiro de 2024
ANEDOTAS DE ADVOGADO
23 de janeiro de 2024
OS IRMÃOS QUE QUASE FICARAM MILIONÁRIOS

Solicite uma reunião com nossos
advogados especialistas:

Desenvolvido por BCS Desenvolvimento
Abrir bate-papo
Olá
Podemos ajudá-lo?